Clima Louco

Este blog pretende discutir assuntos relacionados com as Alterações Climáticas Globais. Participe! Deixe o seu comentário!

domingo, novembro 06, 2005

Impactos do Aquecimento Global

No Terceiro Relatório de Avaliação do IPCC (2001) são apontadas projecções, referidas pelo Professor Godwin Obasi, Secretário-Geral da Organização Mundial de Meteorologia, na sua comunicação no âmbito do dia Mundial da Meteorologia (2003). As referidas projecções são as que se seguem:

Haverá um aumento da temperatura média global na ordem dos 1,4 a 5,8°C, durante o período de 1990 e 2100. Esta projecção é muito superior às alterações observadas durante o século XX.

Calculou-se também que o nível médio das águas do mar subirá entre 9 a 88 cm, entre 1990 e 2100, o que terá efeitos socioeconómicos significativos, colocando em risco ilhas planas, portos, terrenos agrícolas, recursos de água potável, zonas turísticas e terrenos produtivos em áreas costeiras.

Ocorrerá uma intensificação da precipitação durante o século XXI. A baixas latitudes haverá diminuição em certas regiões e aumento noutras, nas latitudes médias a altas ocorrerá precipitação mais intensa. Poderá haver maior predominância de secas e cheias.

Haverá um ligeiro aumento de amplitude do fenómeno El Niño, durante os próximos 100 anos, que poderá agravar as condições de cheias e secas, com temperaturas mais elevadas.

A cobertura de neve e a extensão de gelo no mar no Hemisfério Norte continuarão a diminuir, mantendo-se a retracção dos galciares e cumes de gelo, como se tem verificado no monte Kilimanjaro, o qual se tem retraído nos últimos anos.

As alterações climáticas afectarão a saúde, directamente com o aumento do calor e, indirectamente, com a proliferação de mosquitos e outros organismos patogénicos. Embora estas espécies poderão aumentar, outras, mais vulneráveis, poderão ficar em riscoe extinção, reflectindo numa redução da biodiversidade.

Para este professor as ameaças mais imediatas para a humanidade são as tempestades intensas e frequentes, cheias e secas, surtos de calor e a consequente subida do nível do mar nas zonas costeiras baixas. Outras ameaças, ainda por estudar, mais aprofundadamente, são as relacionadas com os impactos ao nível local ou de bacia hidrográfica.

Posto isto, os cientistas estudam soluções técnicas com vista à atenuação do aquecimento global, mas há grandes dificuldades em serem economicamente viáveis e ecologicamente aceitáveis. As energias renováveis são os meios mais promissores de redução das emissões de dióxido de carbono. (Obasi, 2003)
Neste Relatório de Avaliação do IPCC (2001) são apontadas cada vez mais evidências de que as emissões de GEE são causadas pela actividade humana.
No gráfico seguinte mostram-se os principais sectores de onde as emissões dos gases de efeito de estufa são provenientes, relativas ao ano de 2001, pelos países da União Europeia, de acordo com o mesmo relatório.



18 Comments:

  • At 29 novembro, 2005 10:20, Blogger Desambientado said…

    As mudanças globais à uma década atrás eram uma conjectura, agora são efectivamente uma realidade.É preciso fazer neste momento muito esforço para não as ver. O número crecente de incêndios em Portugal serão coencidência? A seca na Península Ibérica é uma coencidência? Os desatres do Katrina e da Rita são coencidências? O Desaparecimento de algumas ilhas do Pacífico são coencidências?
    Curiosamente essas coencidências faziam parte das previsões negras das alaterações climáticas globais.
    Decorre actualmente no Canadá a reunião mundial sobre alterações climáticas. Mais uma vez parece que o mundo está a substimar os riscos das alterações climáticas.

    Este post é muito oportuno e apetece perguntar: Quem não tem medo das Alterações climáticas?

     
  • At 29 novembro, 2005 10:22, Blogger Desambientado said…

    O primeiro à é há com h. Existem outros erros ortográficos na mensagem anterior. Peço desculpa de não ter reparado a tempo. Deveria existir indicação automática de erros para pitosgas como eu.

     
  • At 01 dezembro, 2005 11:20, Blogger Cristina Mendonça said…

    Olá Manu!
    Realmente as previsões são horripilantes!
    É uma grande chatice constatar que quem pode ter uma acção verdadeiramente significativa seja tão egocêntrico ao ponto de só pensar no seu mandato, nas suas políticas e, sei lá, só no futuro próximo. Devem pensar que "têm o rei na barriga".
    Mas nós, com o nosso contributo local, ainda vamos fazer ver muita coisa...a muito boa gente!

     
  • At 02 dezembro, 2005 19:52, Blogger Desambientado said…

    Olá Manuela.
    A alteração da cor de fundo do teu blog é feita manualmente ou é feita automaticamente?

     
  • At 02 dezembro, 2005 23:23, Blogger Manu said…

    Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

     
  • At 02 dezembro, 2005 23:27, Blogger Manu said…

    Professor,

    Muito obrigada pela informação da reunião Mundial sobre AC.
    De facto, as AC preocupam-me bastante e até me assutam. Acho que as pessoas ainda não estão muito conscientes dos seus perigos. Também não vejo grande vontade política na resolução deste problema. Os factores económicos predominam sempre!!

     
  • At 02 dezembro, 2005 23:28, Blogger Manu said…

    Cristina,

    Ainda bem que há pessoas optimistas como tu.
    Há que não desanimar e fazer o que está ao nosso alcance.

     
  • At 02 dezembro, 2005 23:31, Blogger Manu said…

    Professor,

    Quanto à mudança de template foi automática. Fui ao blogger e no template escolhi pick new. O inconveniente é que tem de se fazer de novo os links e a inserção da poll. Mas não sei fazer de outra forma.

     
  • At 03 dezembro, 2005 23:51, Blogger Cidalia said…

    Olha Manu, não sei se serve para a tua tese mas quando tava nas aulas de inglês alguns dos textos eram sobre Climate Changes de uma revista qualquer especializada que, por acaso a nossa biblioteca não tem. ^São bastante interessantes pq apresentam sempre duas opiniões: a favor e contra.
    Força com o teu blog porque falar de clima não é nada fácil!

     
  • At 04 dezembro, 2005 11:47, Blogger Desambientado said…

    Obrigado pela informação. Já vi o que o melhor é continuar com o meu sempre com o mesmo visual.

     
  • At 23 dezembro, 2005 16:52, Blogger Desambientado said…

    Manuela.
    Quisera,
    Senhor neste
    Natal, ornar uma
    árvore dentro do meu
    coração, e nela pendurar
    em vez de presentes, os nomes
    de amigos. Os de longe e os de perto. Os antigos e os mais recentes. Os que vejo cada dia e os que raramente encontro. Os das
    horas difíceis e os das horas alegres. Meus amigos humildes e meus amigos importantes. Os que sem querer magoei, ou sem querer me magoaram.Os que pouco me devem e aqueles a quem devo muito.
    Os nomes de todos os que já passaram pela minha vida. Que seja uma árvore de raízes muito
    profundas para que seus nomes nunca sejam arrancados do
    meu coração. De ramos muitos extensos para que novos nomes,
    vindos de todas as partes, venham juntar-se aos existentes.
    De sombras muito
    agradáveis
    para que a
    nossa Amizade
    seja um momento
    de repouso
    nas lutas
    da Vida.

    Tenho pena que tão belas palavras não sejam minhas, mas sinto-as como se o fossem. Aqui fiz meia árvore, a outra meia árvore é construída por vocês que me ajudam a a crescer no Desambientado.
    Bom Natal.

     
  • At 04 janeiro, 2006 19:38, Blogger Desambientado said…

    Para quando um novo post?

     
  • At 21 fevereiro, 2007 06:22, Anonymous Anónimo said…

    Enjoyed a lot! » » »

     
  • At 06 março, 2007 06:12, Anonymous Anónimo said…

    That's a great story. Waiting for more. »

     
  • At 16 março, 2007 12:24, Anonymous Anónimo said…

    Very nice site! film editing schools

     
  • At 02 abril, 2007 16:36, Anonymous Anónimo said…

    o aquecimento é perigoso para nós.

     
  • At 20 maio, 2007 13:35, Anonymous Anónimo said…

    Deviamos agir o mais rápido possível!!!

     
  • At 29 abril, 2008 21:12, Anonymous Anónimo said…

    Façamos o possível e até o impossível para mundar essa situação que prejudicará nada mais do que nós mesmos ... Cabe que cada um de nós termos consciencia e as autoridades de nosso planeta providendiar o retardamaneto dessas consequencias sendo o fim desse Impacto Global, logicamente tendo punisões para quem não seguir as regras o mínino posível!!!

    Marina Braga

     

Enviar um comentário

<< Home